segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Suposto Suborno do Legislativo: Comissão de Ética arquiva denúncia contra Vereadores de Canindé

Os cinco vereadores citados em um suposto esquema de corrupção, onde de acordo com denúncias teriam recebido 150 mil reais cada para afastar o prefeito de Canindé Celso Crisóstomo, no dia 5 de junho deste ano, tiveram a denúncia arquivada pela Comissão de Ética e Decoro Parlamentar do Poder Legislativo Municipal. 


Segundo o relator, vereador Chico Justa, não há provas suficientes de que os vereadores teriam recebido vantagens indevidas no suposto esquema criminoso. 
O presidente da Comissão, vereador Júlio Cezar (Alemão) deu parecer contrário ao da relatoria e disse que o Ministério Público continua investigando o caso de suposto suborno, de maneira sigilosa.

O informação foi recebida na base do prefeito afastado como uma vitória para os parlamentares investigados.

Outras informações na entrevista do vereador Júlio Cezar (Alemão), Presidente da Comissão:

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário