sábado, 19 de setembro de 2015

Governo retira da Câmara Projeto que Criava Cargos que geravam gastos ao Município


O Prefeito municipal de Canindé, Paulo Justa, determinou que  fosse retirado da Câmara de vereadores o Projeto de Lei Nº 16/2015, de 07 de Agosto 2015, que criava um cargo de nível superior para controlador geral, três cargos de nível médio para controlador executivo, e três cargos para assistente de controladoria; os quais geravam um custo de 180 mil reais ao ano para o governo.

A confirmação da retirada do projeto do governo municipal foi feita pelos membros do poder legislativo no debate da sessão ordinária da última sexta-feira (18).

O governo retirou o projeto depois da repercussão negativa perante a população, quando da veiculação da informação na imprensa local e estadual diante a criação de gastos, se levarmos em conta a situação econômica que passa o município.

Na sessão de sexta-feira (18), foi votado e aprovado por maioria de votos dos Parlamentares o projeto de Lei nº 019/2015, também do governo municipal que dispõe sobre a instituição da modalidade denominada Pregão, para aquisição de bens e serviços comuns no Município de Canindé, na forma que indica outras providências.

O vereador Júlio Cezar (Alemão) que votou contra o projeto aprovado, comenta os dois, o retirado e o aprovado:


video

Nenhum comentário:

Postar um comentário